Cobra – Assembleia dia 19 de junho, às 10 horas

Os trabalhadores e trabalhadoras da Cobra Tecnologia estão em greve desde a zero hora de hoje (18/06), em protesto contra a intransigência da empresa na Campanha Salarial.

Reunidos hoje na porta da empresa, os funcionários deliberaram por aprovar proposta de uma trabalhadora, para que seja realizada nova assembleia amanhã, dia 19, às 10 horas, para que a categoria possa avaliar sugestão do ministro do Tribunal Superior do Trabalho de suspender a greve até quarta-feira, dia 20, quando haverá reunião bilateral entre a Fenadados e a Cobra, na sede do TST, com mediação do Ministro Renato Paiva, Vice-presidente daquele Tribunal.

Todos à assembleia!

Dia – 19 de junho de 2018

Horário – 10 horas

Local – Em frente à Cobra Tecnologia

PublicaÇÕes relacionadas

Comentário Fechado.

Rio+20

De 13 a 22 de junho de 2012, a cidade do Rio de Janeiro será palco da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20 – ll assim conhecida porque marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92).

O objetivo da Conferência é contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas. Para isso, o evento terá dois temas principais: a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; e a estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

A Rio+20 será composta por três momentos:

– De 13 a 15 de junho, está prevista a III Reunião do Comitê Preparatório, no qual se reunirão representantes governamentais para negociações dos documentos a serem adotados na Conferência;

– Entre 16  e 19 de junho, ocorre eventos programados com a sociedade civil;

– De 20 a 22 de junho, ocorrerá o Segmento de Alto Nível da Conferência, para o qual é esperada a presença de diversos Chefes de Estado e de Governo dos países-membros das Nações Unidas.

Confira a programação da Rio+20

Cúpula dos Povos

A Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental é um evento organizado pela sociedade civil global e ocorrerá, paralelamente à Rio+20, de dias 15 a 23 de junho, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. O objetivo é discutir a falta de ações para superar a injustiça social ambiental nestas duas décadas. Para os organizadores da Cúpula, a pauta prevista para a Rio+20 – a chamada “economia verde” e a institucionalidade global – é insatisfatória para lidar com a crise do planeta, causada pelos modelos de produção e consumo capitalistas.

Quem participar da Cúpula dos Povos vai encontrar uma programação estruturada em três pilares: Denunciar as causas da crise socioambiental, apresentar soluções práticas e fortalecer movimentos sociais do Brasil e do mundo.

O primeiro eixo visa expor à sociedade civil as razões dos problemas de ordem social e ambiental do planeta. No segundo, serão apresentadas soluções e novos paradigmas dos povos para os problemas mais graves enfrentados hoje no mundo. E o terceiro eixo vai estimular organizações e movimentos sociais a articular processos de luta anticapitalista pós-Rio+20.

Confira a programação da Cúpula dos Povos

Pode participar da Cúpula qualquer pessoa que se identifique com os princípios do evento; rede ou organização social; movimento popular; ambientalista; indígena; e organização de defesa de minorias e de direitos humanos. Acesse http://cupuladospovos.org.br/inscricoes/ para se inscrever no evento.

CUT

Entre os dias 11 e 23 de junho, a Central Única dos Trabalhadores estará no Rio de Janeiro para defender a visão do movimento sindical nos debates sobre  desenvolvimento sustentável. Além da Rio+20, a CUT participará ativamente da III Assembleia Sindical Sobre Meio Ambiente e Trabalho (11 a 13 de junho) e da Cúpula dos Povos, defendendo que as discussões levem em conta quatro fatores básicos: econômico, social, ambiental e político.

Para a Central, é preciso garantir e ampliar a proteção social, o trabalho decente e os empregos verdes, pontos que estão intimamente ligados. Considerando que sem qualquer um desses pontos não é possível colocar em prática um verdadeiro modelo de desenvolvimento sustentável.

A Fenadados também estará presente na Cúpula dos Povos e III Assembleia Sindical Sobre Meio Ambiente e Trabalho.

Confira a programação da CUT na Rio+20

Com informações da Cúpula dos Povos, CUT e Rio+20.

PublicaÇÕes relacionadas

Comentário Fechado.